1/27
 
 
MEMORIAL

Essa casa, numa vila tranquila, no meio de um bairro agitado, é como um oásis. Uma mãe com dois filhos crescidos. Queria um lugar para morar, trabalhar e receber os amigos. O resultado desses sonhos foi traduzido em uma residência com usos bem demarcados, e ao mesmo tempo permeável e fluida.

A casa é formada por três blocos: no da frente, mais fechado, encontra-se o estúdio de flores da moradora, com acesso independente, e também uma ligação direta para a casa. O bloco do meio, o único com dois pavimentos, é a residência em si, com uma cozinha aberta a sala, escritório, lavabo e área de serviço no pavimento inferior, e duas suítes no pavimento superior, dividindo um closet em comum. Nos fundos tem o bloco do lazer, com churrasqueira e sala de televisão. Esses blocos são separados por jardins e interligados por um deck, que atravessa o lote, da calçada até a edícula, permeando as partes internas e externas, definindo o eixo de circulação horizontal.

Em um lote de 400m², optou-se por construir apenas 265m², reservando uma boa área para o jardim e pátios. A implantação buscou insolação, ventilação e permeabilidade do solo.

A estrutura metálica e as paredes em drywall permitiram uma construção rápida e limpa. A escada, com seus degraus engastados na viga que some na parede, parecem voar. Grandes caixilhos fazem o fechamento entre a casa e a edícula, permitindo, quando desejado, a interligação entre os blocos. Entre estúdio e cozinha, as aberturas são mais discretas, garantindo a privacidade necessária.

O segundo pavimento é formado por duas grandes caixas, uma revestida de madeira, que é o quarto da mãe, e a outra, em pintura cinza, que é o quarto da filha. Esse mesmo revestimento inclui as portas camarão da varanda. Da sala, com pé direito duplo, é possível fazer essa leitura das caixas. Optou-se por colocar telhado verde na cobertura dos blocos da frente e do fundo, que são vistos dos dormitórios.

Outro aspecto considerado eram os cachorros da casa. A entrada de serviço dá acesso ao pátio interno e a lavanderia, de modo que, quando desejado, eles ficam isolados.

 

FICHA TÉCNICA

Autores: Cecilia Reichstul e Clara Reynaldo

Colaboradores: Ana Luiza Galvão, Camila Haickel, Luiza Aquino (arquitetas) e Giovanna Klestoff (estagiária)

Construtora: 3 Construção

Projeto de estrutura: L’ESTRUT Engenharia

Projeto de paisagismo: Elza Ayrosa

Projeto de instalações: Engeplot

Fotos: Fran Parente

 

DADOS GERAIS

Localização: São Paulo, SP (Brasil)

Área terreno: 400m² (10x40m)

Área construída: 265m²

Projeto: 2011-2012

Obra: 2012-2013